quinta-feira, 26 de junho de 2008

Porque espreitas assim tão escancarada?
Será inútil tal liberdade de me espreitar;
Se isso é ousadia… não valerá de nada:
Continuo a luzinha que espera teu olhar.

3 comentários:

ousadia disse...

Quando espreito... é para espreitar não temo a descoberta, se a descoberta é meu olhar,minha ousadia a terás por certa...

Passiflora Maré disse...

Parece-me bem que os comentários se quedem aqui para que fique mantida tamanha intimidade.
Ao de leve, muito ao de leve, levemente perturbada por mim...
Sorry...

AugustoMaio disse...

Sem problema. afinal, parece que era só ousadia.

Informação técnica (numa interrupção, também): janela de Coimbra, quebra-costas.