sábado, 29 de março de 2008


5 comentários:

Anónimo disse...

O universo não é uma idéia minha.
A minha idéia do Universo é que é uma idéia minha.
"A noite não anoitece pelos meus olhos,
A minha idéia da noite é que anoitece por meus olhos.
Fora de eu pensar e de haver quaisquer pensamentos
A noite anoitece concretamente
E o fulgor das estrelas existe como se tivesse peso."
Fernando Pessoa/Alberto Caeiro

Anónimo disse...

Certas palavras podem dizer muitas coisas;
Certos olhares podem valer mais do que mil palavras;
Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora;
Certos gestos,parecem sinais guiando-nos pelo caminho;
Certos toques parecem estremecer todo nosso coração;
Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais,
Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre:
Vinícius de Morais

admirado disse...

Grandes poemas ...

Anónimo disse...

Partilho inteiramente a mensagem do anónimo das 20.57 do dia 29.
Continuem a invadir as nossas almas destes maravilhosos sinais... Sem querer paracer lamechas, digo-vos: É bom ter-vos aqui!!!!!
Eu

Anónimo disse...

Havia nuvens, então, e a sombra que deixaram não permitiu que abrissemos os olhos inteiros. Acomodamo-nos em não arriscar o mínimo, quando ambos sabíamos que queriamos. Trôpegos, castigamos agora o remorso e, como sempre, arrependemo-nos pelo que ficou por fazer. Que vida esta a enganar-nos como o tempo, G.!