quarta-feira, 23 de janeiro de 2008


1 comentário:

Açores disse...

Aquele branco-azul, aquele azul-branco. Aquele cor impossível. Lindo, muito lindo.