terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Fantasia,
que é fantasia, por favor?
Roupa-estardalhaço, maquilhagem-loucura?
Ou antes, e principalmente,
brinquedo sigiloso, tão íntimo,
tão do meu sangue e nervos e eu oculto em mim,
que ninguém percebe, e todos os dias
exibo na passarela sem espectadores?

Carlos Drummond de Andrade

5 comentários:

Tatiana disse...

Bela imagem... e escolha do verso!
Aproveite bastante o restinho do feriado!
Um beijo carinhoso para você!

paulo anjos disse...

E já estamos quase no Verão :)

AugustoMaio disse...

"Aquele abraço", Tatiana.

AugustoMaio disse...

De 2011, claro.

Anónimo disse...

É, certamente, a Fantasia mais plena e fantástica.