sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

todos os nomes

No pó do teu caminho
escrevi-te um nome.
E esqueci-o.
A terra há-de revê-lo.
E eu aceito
todos os nomes
que te descubram.

2 comentários:

vi disse...

muito lindo!

Anónimo disse...

maria qualquer coisa?...