sexta-feira, 7 de novembro de 2008

palavras


hhhhh
jj
kkk
kkkk
llll
lll
kkkk
kkkkk
É mentira o que te escrevo; mudas
as palavras e
as palavras mudas
arrepiam um encontro desinventado.
Gritam a liberdade de se decomporem:
letras, sílabas, engodos. Pinçam
restos de traços,
galgando etapas do compromisso. Desistem
e embaçam a turva vista
da tua espera.

3 comentários:

♀ Venus disse...

Ai as palavras...
Falam por nos e libertam a nossa magoa.
Dizem o que queremos e omitem o que não queremos dizer.
Escrever... Dom sublime.
Escrever a eterna e mais sincera expressão de liberdade do humano.

Beijus

Padmé disse...

Belo, caro Augusto, e cheio de truques, como as palavras decompostas...ou as letras soltas!

Carla disse...

simplesmente...perfeito
beijos e bom fim de semana