quarta-feira, 8 de outubro de 2008

A responsabilidade começa nos sonhos

WB Yeats

4 comentários:

Anónimo disse...

A responsabilidade começa no "SER". Depois podemos esforçar-mo-nos por transformar os sonhos em realidade, mas depende do livre arbitrio de cada um, pois também há quem insista em transformar os sonhos em pesadelos vitalicios. Será uma questão de missão?
Teimosia?
Ou simplesmente perturbação?

AugustoMaio disse...

Interessante. Mas o "SER" que precede o sonho... quem o fez ser? Algum sonho já realidade?

AugustoMaio disse...

Quanto à "teimosia" está correcto e será do Yeats; afinal, um homem que pediu a mesma mulher três vezes em casamento!

Fora do postador (excessiva falta de humildade, é certo...) e as três perguntas tinham cabimento.

antero antunes disse...

Há sempre uma ponta para começar qualquer coisa!