quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Som e Fúria

Nascido em New Albany a 25 de Setembro de 1887, William Cuthbert Faulkner é considerado um dos mais emblemáticos escritores norte-americanos do século xx.
Narrou o declínio do Sul dos Estados Unidos, interiorizado nas suas personagens que, na sua maioria, viviam no condado imaginado de Yoknapatawpha. Descreve, muitas vezes em simultâneo, pontos de vista diversos e utiliza mudanças do tempo de narrativa, bem como diálogos interiores complexos, que transformam a sua escrita numa construção, pelo menos, desafiante.hhhjdhjkhdkhjdkakskadjkFaulkner em Paris. Foto de W. C. Odiorne
Foi galardoado com o Nobel em 1949 e com o National Book Award nos anos de 1951 (Collected Stories) e 1955 (Uma Fábula). Foi-lhe atribuído o Pulitzer em 1955 e novamente em 1962.
Faleceu em Byhalia, Mississipi, a 6 de Julho de 1962.
Entre outros títulos, Faulkner é conhecido por O Som e a Fúria, Na Minha Morte, Santuário, Luz de Agosto, Palmeiras Bravas, Absalão! Absalão! e Sol Poente.

1 comentário:

w.f. disse...

Um gigante da escrita, não obstante a sua humildade de vida e os seus gostos serenos e mesmo campesinos. Quando tomou conhecimento da vitória no Nobel andava a trabalhar nos campos. O Som e a Fúria é um surpreendente livro.