terça-feira, 19 de agosto de 2008

A Montanha Mágica


Após um entardecer envolto em bruma, o amanhecer esperado.

5 comentários:

Crisfonseca disse...

Bela fotografia. Belo o teu blog, encantei-me,adorei teus poemas, são belos, simplesmente belos.
Beijos,
Cris

AugustoMaio disse...

O pico do pico na Ilha do Pico
(como em versão graçola
se aprendia na escola...)

Na "versão calino" será o pico do mesmo na Ilha do dito!

Bem apanhado, caro Viriato.
E a bruma vem sempre a calhar: são as ilhas dela.

AugustoMaio disse...

Só falta aquela outra, tirada lá mesmo do cimo (certidão da subida).
Ainda haverá forças, mas - é verdade - nem sempre o tempo ajuda.

c. e. disse...

Por isso é que eu sou das ilhas de bruma...
Belo

AugustoMaio disse...

Então e a da subida, Caro Viriato?