segunda-feira, 11 de agosto de 2008


1 comentário:

Teresa de Sousa disse...

Oiço o mar tão perto
E nele me afogo
Me esqueço de tudo
De todos, de mim...
Mas vem uma onda
Que me desperta
Me traz de volta
Deixa-me assim:

Gaivota pairada
Peixe a boiar
Concha perdida
Nada...