sábado, 30 de agosto de 2008

30 de agosto dede saudade, esconde-se suavemente o sol;
30 de agosto deamanhã, nesse compromisso de vida,
30 de agosto de voltará contente

2 comentários:

ap disse...

Esconde-se sem apagar o brilho,
Dá à lua o seu lugar.
Mas, está sempre vigiante,
Tem um encanto constante.
E mesmo quando encoberto
Queima os corações, por certo,
Aqueles que querem amar.

fatima pb disse...

Gostei especialmente deste post!