quinta-feira, 31 de julho de 2008

mmn Há a boca pisada de pedras
nmnmnmnmnmnnnn e o remorso
n é uma parede mordida pelo eco.

Jorge Melícias

(in o remorso de baltazar serapião, valter hugo mãe)

1 comentário:

eco disse...

O único sentido oculto das coisas,é elas não terem sentido oculto

Alberto Caeiro