quinta-feira, 17 de julho de 2008

Curvas III

Perdido algures num pensamento
Teu, claro, seguia já sem atenção.
Primeiro, falhou-me o cruzamento
Depois, 120 euros mais a inibição.

Não disse o G.N.R., mas pensou:
Nem toda a hora é para imaginar
O dinheirinho, esse logo lá ficou,
E poemas não se fazem a circular!

(ele há dias...)

7 comentários:

Anónimo disse...

Acontece aos melhores ...em curvas.

ViriatoFCastro disse...

Podemos sempre pensar em impugnar isso. Seria interessante ver os responsáveis pelo Desembargo a julgar uma competente defesa!

Anónimo disse...

"No problemo", começamos por impugnar a coima, alegando incapacidade acidental (felizmente não houve, mas podia ter havido) motivada pelo desnorte causado pela saia.
Arrolam-se cerca de 20 testemunhas, todas elas residentes nas ilhas (Porto Santo também serve e a coisa tem fortes probabilidades de prescrever.
Se não prescrever, escreve-se para o tribunal e apela-se ao bom senso do juiz.Dizem-me que a maior parte são insensíveis, mas não acredito que cheguem ao ponto de não valorar tão forte comoção interna.
Se ainda assim não correr bem, vale a pena recorrer, porque em 3 juízes existem fortes probabilidades de encontrar 2 que já tenham sofrido tamanho turpor.
Em última análise, faz-se uma colecta que inclua o valor das custas.
Antónia Raio de Luz

J. disse...

Não posso deixar de estar comovido e desde já.

Há, ainda assim, um problema de identidade no auto e obrigo-me a deixar o título de uma novela de Ruben A.: "O outro que era eu".

Era bem melhor que me fosse permitido usar o romance de Ballester: "Eu não sou eu, evidentemente".

Mas agradecido...

ViriatoFCastro disse...

O Ortega Y Gasset dizia que o Homem é ele e a sua circunstância - o argumento chave seria: "Venerandos, não era eu, era a minha circunstância, que, malandra, foi por ali desvairada, no gesto irrequieto de um olhar que queria ser tudo".

Passiflora Maré disse...

Está tudo bonito. Mas não acham que se expuseram demais se o recurso está em vista.
Imaginem que o indigitado Desembargador se paseia por estas páginas e que até convosco comunica.
Ele é o diabo...
Quanto às vinte testemunhas, do modo que seria o melhor teria ser dito "Enrolam-se"...
Ah! E não se esqueçam o pior mesmo são as Juízas é que essas não têm contemplação pelas distrações causadas pelas saias. Pelo contrário, é uma agravante.

Anónimo disse...

S de saias
S de SSSSSSS
S de ...anção.

Acontece... sem SSS.