sexta-feira, 4 de abril de 2008

Sol


Para todos os que buscam...

6 comentários:

Anónimo disse...

"Bendito seja eu por tudo o que não sei
gozo tudo isso como quem sabe que há o sol"

Fernando Pessoa

Anónimo disse...

Só agora compreendi esta do sol..

pudera ser... disse...

Não ilumino os trilhos que percorres
Não projecto sombra nos passos que dás
Não te escureço a tez
Não realço o brilho dos teus olhos
Não te aqueço nos dias frios
Não afasto as nuvens cinzentas
Não te alegro ao amanhecer
Não te deslumbro ao anoitecer

Mas queria ser o teu Sol
De noite e de dia

Anónimo disse...

"a propósito de sol e sombra, ensinaram-me esta:
é a luz mais intensa que deixa a maior sombra.
e o contrário?

Bem, "sem atrito não conseguimos caminhar" (W.)"

ViriatoFCastro disse...

Eu cá não sei, mas passando trinta e cinco minutos depois das duas horas, apenas me ocorre que faltarão apenas mais seis para ir até ao quiosque...

Anónimo disse...

Não há sol que sempre dure
Nem chuva que nunca acabe


Enfim: Chuva em Novembro, Natal em Dezembro.