quinta-feira, 13 de março de 2008

atento


9 comentários:

Anónimo disse...

Olhos azul cobalto. Será!?
Gosto.

A M disse...

Talvez o sejam, mesmo. Azulando a escuridão do tempo e o negrume do corpo esguio.

Anónimo disse...

A pena...ainda que suave...daí a suavidade...deu lugar a olhares:do gato e dos olhos enoooormes da Rocha....que a tornaram menos rocha...menos suave...e o MAR?!Tudo uma questão de olhares....de preferência,SUAVES!

Anónimo disse...

O gato parece ter uns faróis autónomos, tão "atentos" que se desligam do corpo. Não sei bem que é azul cobalto... é da cor do sulfato? São giros...

Anónimo disse...

teus olhos azuis que cegam
e nem me deixam dormir;
foras gata e o que pecam
ficaria por ouvir

Anónimo disse...

Os teus olhos são turquesa
Do mais puro cristalino,
Sempre atentos, com certeza,
Meu magestoso Felino!

A M disse...

Antes lhe viu os olhos, duquesa?

Anónimo disse...

Intensos que hipnotizam!
Profundos na dimensão!
São como raios que penetam,
Sem dó, no meu coração.

gatos disse...

Já tens companhia de uns gatinhos pequenitos e giros