terça-feira, 4 de março de 2008

adúlteros desorientados

Existe la creencia generalizada de que el adúltero identifica a la esposa con la madre y a la amante con la mujer. Pero no es seguro. Resulta más verosímil pensar que quien juega el papel de madre sea la amante. El adúltero se escondería, precisamente, para ocultar al mundo esa forma de incesto atenuado. En ese sentido, el adulterio guarda relación con la muerte, pues la vuelta a la madre es un intento de regresar al útero y de desaparecer por tanto. De hecho, cuando el adúltero ejerce las labores proprias de su ministerio, es como si se encontrara en el interior de una tumba, pues nadie sabe donde está. Cuando sale a la calle despúes de haber pasado la tarde o la noche con la amante, es como si resucitara, o como si naciera, pues todos los lugares del adulterio tienen mucho de útero. El adúltero es en realidad un (ad)útero.
Otro caso interesante es de los adúlteros que se engañan a sí mismos(...).
Juan José Millás
Cuentos de adúlteros desorientados, Lumen.

3 comentários:

Anónimo disse...

Anónimo.
Não sei o que fazes.Não sei quem és. mas sei que tens um tempo que eu não tenho e que lês tudo o que eu anseio ler.
Quando ao adúltero os vários pontos de vista são possíveis porque estão justificados, com os seus actos, ou com o seu modo de agir.

J L disse...

O tempo - como sabiamente dizia o avô - é a única riqueza que é igual para todos, ainda que apenas sejam vinte e quatro horas em cada dia.
Claro que isso é... frase! Cada qual tem obrigações que ultrapassam tantas vezes a vontade e o cumprimento dos desejos.

Vai-se lendo. Sinceramente, no entanto, depressa a mais.

Os adúlteros estão traduzidos para português. Não citei na lingua mãe porque não fazia sentido comprar dois iguais, neste caso. Tem uns contos muito giros.

Claro que não é Roth. Mas, como diria o A M, também Roth não é o Sr. Nogueira. Se cada país tivesse em tudo o seu merecimento...

Anónimo disse...

Ainda que o Sr. Nogueira - ao que por aí tenho lido - ande a distribuir tarefas por uns guarda-livros, ou - se tanto - ainda aprendizes ou ajudantes!